Pastor presidente da IEADCG visita campo missionário

Evento no EquadorA obra transcultural realizada pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG) tem rompido fronteiras e chegado a países como Uruguai, Argentina, Bolívia, Equador, Peru, Paraguai, Portugual, Índia e Jordânia, locais onde a denominação tem se estabelecido, por meio de seus missionários, anunciando ao mundo a mensagem do Evangelho. A manutenção dos projetos realizados nessas nações fica a cargo da Secretaria de Missões da IEADCG (SEMAD-CGPB) que, por meio de diversas ações, tem incentivado a igreja local a contribuir com a Obra de Deus.

Prestando apoio aos missionários, a IEADCG não só tem dado suporte financeiro regular, como também cobertura espiritual através das orações e visitas ao campo. Prova dessa assistência é a ida do pastor presidente da denominação, Daniel Nunes da Silva e do secretário de missões, Pr. Pedro Tadeu, aos países do Equador e Peru. A viagem, ocorrida na quarta-feira (20), vai promover o reencontro dos ministros com os missionários Edjânio Caetano e Sebastião Góis e suas famílias.

Em Trujillo a AD completa 5 anosA primeira localidade a ser visitada será Riobamba (Equador), onde acontece, de 21 a 23 deste mês, o 2º Congresso Internacional. Nesse evento, organizado pela Assembleia de Deus equatoriana, os pastores Daniel Nunes e Pedro Tadeu integram a programação como palestrantes do congresso. “O intuito maior da nossa ida até esses países é cooperar com nossos missionários. Não vamos lá a passeio ou coisa do tipo, estamos indo para auxiliá-los, levando conosco notícias de nossos campos em Campina Grande, abençoando-os com nossa visita, além de estarmos envolvidos nos eventos que acontecem tanto no Equador como no Peru”, disse o pastor presidente Daniel Nunes da Silva.  

Já na cidade de Trujillo (Peru), a Assembleia de Deus peruana completa cinco anos de fundação. Na festividade, que ocorrerá nos dias 30 de setembro e 1 de outubro, pregam a Palavra de Deus os líderes da IEADCG, além do pastor Edjânio Caetano (Equador).

Antes de viajar, o pastor presidente convidou a igreja em Campina Grande para que unida erguesse um clamor em favor dessa missão. “Rogo que todos intercedam por nós, para que no abrir de nossa boca, seja em solo equatoriano ou peruano, o Senhor derrame de sua graça, assim como usou o apóstolo Pedro na casa de Cornélio, nos use em suas mãos poderosamente”, reforçou.

Reportagem: Victor Posse
Imagens: AD Riobamba / AD Trujillo