Equador e Peru recebem visita de liderança pastoral da IEADCG

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG) está presente em mais de 100 municípios no Estado da Paraíba, além de nove países espalhados pelo globo terrestre. Por meio de seus missionários, a Palavra de Deus tem rompido fronteiras e chegado a povos de diferentes nacionalidades. No dia 20 de setembro, o pastor presidente da IEADCG, Daniel Nunes da Silva, juntamente com o secretário de missões da denominação, pastor Pedro Tadeu, partiram em viagem com o intuito de prestar apoio às igrejas localizadas no Equador e Peru. De 21 a 23 de setembro, os ministros participaram da 2ª Escola Bíblica de Obreiros da Assembleia de Deus equatoriana, onde integraram a programação como preletores do evento. Por lá, os trabalhos missionários existem há 13 anos, sendo conduzidos pelo pastor Edjânio Caetano e família.

“Ao retornar ao Equador, percebemos que os trabalhos desenvolvidos pela nossa igreja em Riobamba está muito bem estruturada. A missão naquele País existe desde a época do pastor José Apolônio, na cidade de Cuenca, onde existe um crescimento significativo da fé cristã. Já na cidade de Riobamba, nossos missionários encontram-se desde o tempo do pastor Francisco Pacheco de Brito. Nesse ponto realizamos visitas às congregações e enxergamos de perto o desenvolvimento da Obra do Senhor que, por sinal, anda muito bem. Percebemos também que os nossos irmãos equatorianos são bastante receptivos à Palavra do Evangelho”, expressou o pastor Daniel Nunes.

Já na cidade de Trujillo, no Peru, encontram-se o missionário Sebastião Góis e sua família. Há 5 anos desenvolvendo trabalhos evangelísticos no local, a Assembleia de Deus conta com um templo sede, no bairro de Monserrate, onde ocorrem semanalmente dois cultos públicos e uma reunião de oração. E a obra segue avançando. Hoje, regiões como Valle Sol e Los Huertos também estão sendo assistidas com projetos que vão desde a propagação do Evangelho até ações de cunho social, tendo em vista a carência dessas localidades, que foram atingidas pelas enchentes em meados de março deste ano.

Em Valle Sol, a igreja realiza atividades voltadas para o público infantil em um prédio, ainda em reforma, cedido para acomodar as crianças. Para atender esse trabalho, o evangelista Sebastião Góis percorre 12 km de distância, e sem transporte próprio, ele e sua família têm enfrentado algumas dificuldades. Além disso, em Los Huertos, a igreja montou uma cozinha comunitária, onde são servidas refeições a preço acessível aos moradores, no valor de R$2,50, sendo os idosos isentos dessa taxa. Diante do que foi observado, o pastor presidente da IEADCG, explica as principais necessidades da igreja peruana.

“Observamos in loco que, para otimizar os trabalhos de nosso missionário, faz-se necessário a aquisição de um veículo, uma vez que, devido à distância de onde ele se encontra até as regiões assistidas requer desse investimento. Para isso, contamos com o apoio da igreja em Campina Grande, por meio da nossa secretaria de missões, para auxiliarmos a igreja no Peru. Através de um carro, o evangelista Sebastião Góis poderá se locomover com mais comodidade, principalmente no que diz respeito ao transporte dos alimentos para a cozinha comunitária e ainda para a condução dos demais irmãos que por lá se encontram”, enfatizou o Pr. Daniel.

       

A Secretaria de Missões (SEMAD-CGPB) tem abraçado a causa desde o mês de agosto. Para reforçar essa petição, o pastor Pedro Tadeu, destaca o que mais lhe chamou atenção na visita realizada. “No Peru, a Obra é relativamente nova, e o povo peruano ele é mais inseguro no que diz respeito ao Evangelho. O nosso trabalho ali em Trujillo não é um trabalho grande ainda, mas é um trabalho que está em desenvolvimento e o valor das entradas ainda é insuficiente para dar suporte. Então, nós iniciamos uma campanha no mês de agosto, com a venda de devocionários de oração, e seguimos com ela até obtermos o valor total do veículo para aquela missão. Contudo, nosso missionário tem realizado um belíssimo trabalho, com bastante esforço, independentemente das limitações existentes”, reforçou o secretário de missões.

Os interessados em cooperar com a igreja no Peru podem recorrer à SEMAD em Campina Grande, na rua Antenor Navarro, nº 693, no bairro da Prata. Ou se preferir, entrar em contato pelo telefone: (83) 3063-1888.

Reportagem: Victor Posse
Imagens: SEMAD-CGPB