Cruzada Mensagem de Esperança reúne público de 5 mil pessoas

A última Cruzada Mensagem de Esperança do ano aconteceu no último sábado (09), na Área Leste da cidade. O local escolhido pelos organizadores foi o bairro do Catolé, nas proximidades da Rua Raimundo Nonato de Araújo, num espaço que comportou um público de 5 mil pessoas. Para a realização desse evento, foram mobilizadas diferentes equipes, inclusive, a Secretaria de Assistência Social esteve durante à tarde disponibilizando serviços gratuitos à comunidade, além do envolvimento de grupos evangelísticos que percorreram a cidade convidando as pessoas para o culto à noite. “Tendo em vista o Dia da Bíblia, aproveitamos a oportunidade para envolver a igreja nos turnos manhã e tarda numa grande mobilização evangelística realizando convite às pessoas. À tarde tivemos ação social aqui no local da cruzada, no Catolé, com vários tipos de atendimento como teste de glicose, aferição de pressão, cortes de cabelo, atendimento jurídico e muito mais. Graças a Deus a comunidade, onde nós fizemos aqui esse trabalho realmente vieram, todos participaram e foi um grande trabalho durante à tarde”, ressaltou o evangelista Geovandro Ferreira, secretario adjunto de missões.

Dentre os participantes do culto à noite, José Ailson Gomes, que é morador do bairro destacou que “o Catolé nunca mais será o mesmo, pode crer no que estou dizendo. Muita gente que eu vi vindo para cá muitos não são evangélicos e com certeza serão alcançados pela Palavra de Deus”.   

Quem também não perdeu tempo foi Jussara Batista da Silva, que reuniu amigos e familiares para vir cultuar ao ar livre “Soube meio dos meus vizinhos que falaram que ia acontecer esse grande evento aqui, aí eu vim porque através disso aqui muitas vidas vão se entregar para Jesus, e eu creio que hoje vai ser motivo de grande alegria porque muitos vão se render aos pés do Senhor, disse a moradora do bairro Catolé.  

Com a finalidade de alcançar diferentes públicos, as cruzadas promovidas pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG) têm causado um grande impacto na vida das pessoas. Levando a mensagem do Evangelho para além das paredes da igreja, a liderança segue investindo nessa missão “ Isso é como uma dinamite que explode e vai abalando pedras, vai abalando as rochas dos corações, e nós sabemos que a igreja saiu para à rua para evangelizar desta forma, em massa, a igreja está cumprindo com o Ide de nosso Senhor Jesus Cristo. Então, é de grande relevância a igreja não pode parar, destacou o pastor Daniel Nunes da Silva, presidente da IEADCG.

A campanha evangelística é encabeçada pela Secretaria de Missões da denominação que ao longo do ano realizou cerca de 14 cruzadas. Essa iniciativa não se limita apenas à Campina Grande como também se estende a outros municípios e distritos vizinhos. Segundo o pastor Pedro Tadeu Maia, secretario de missões da IEADCG, o último ajuntamento realizado em dezembro evidenciou-se enquanto “um momento de muita alegria, momento esse de confraternização, pois trata-se de um trabalho evangelístico, onde vimos a operação do Espírito Santo de Deus, e nesse momento a liderança  reunida, a liderança comprometida, a liderança envolvida com o grande desafio da Obra de Deus que é a evangelização, alcançar as vidas para Jesus”, frisou.   

Contagiando o público, ao som de sua sanfona, a cantora Alice Maciel trouxe em seu repertório canções que tocaram a alma daqueles que marcaram presença na cruzada. “Isso é a maior vitória da minha vida, poder cantar com o povo de Deus. A maior cantora é a igreja. Então, para mim é um privilégio ouvir testemunho de pessoas que saíram da caverna através dos nossos louvores, pessoas que se entregaram a Cristo através dos nosso louvores, pessoas que estavam desanimadas, no deserto, e ouviram nosso louvores e se levantaram, para mim é uma honra, é um presente de Deus”, contou.   

Na pregação da Palavra de Deus, o pastor Gilmar Santos, vindo de Goiás, expôs à multidão as evidências das operações divinas. Numa noite marcada por milagres, Deus tomou o ministro para profetizar a cura sobre a vida da igreja. Uma das pessoas que pôde ser curada foi a aposentada Alzira de Sousa Lima, que há 6 meses estava impossibilitada de andar. “Eu estava com muitas dores nas pernas, não dormia de noite, aí quando fiquei sabendo do evento vim para cá, minha filha me trouxe, quase nos braços. Eu disse comigo mesma que seria curada e vim. Graças a Deus, em nome de Jesus, eu estou curada, eu estou curada em nome de Jesus, eu creio, o nosso Jesus é maravilhoso, nosso Jesus é o mesmo ontem, hoje e amanhã e para sempre é só a gente crer e confiar”, falou emocionada.   

Dentre os prodígios dessa noite inesquecível, mais de 150 pessoas aceitaram a Cristo. Um rendimento significativo ante a magnitude dessa obra evangelística.

Reportagem: Victor Posse
Imagens: Vitórya Fotografias

Compartilhar é se importar!