Caravana conhece trabalhos missionários na Argentina

Durante 5 dias uma caravana de irmãos esteve presente na província de Mendonza na Argentina para visitar os missionários brasileiros que atuam naquele País. Entre eles estavam o presidente da IEADCG, pastor Daniel Nunes da Silva e o secretário de missões da igreja, pastor Pedro Tadeu Maia em visita oficial ao campo missionário.

A nossa viagem para a Argentina, província de Mendonza, foi para visitar o pastor Rubens, a missionária Ana Lúcia e o Tiago. Foi a princípio para ver o trabalho que está sendo feito há 9 anos, mas também para visitar a família. É tão bom quando se recebe uma visita, eu já fui missionário e sei o quanto é bom receber uma visita da liderança. Então, nós fomos com esses dois objetivos: visitar a família do missionário, conversar com eles, passar um tempo com eles, e também para ver o desenvolvimento do trabalho por lá”, destacou o pastor Daniel Nunes.

Durante a viagem, os pastores conheceram alguns trabalhos evangelísticos desenvolvidos na capital e em outras cidades como Maipú e Las Heras. O contato com os cristãos argentinos trouxe muita alegria ao coração  da liderança que viu de perto a realidade daquele País.

Nós ficamos lá 5 dias, porque chegamos na terça à noite e regressamos na outra segunda de manhã, mas foi o tempo suficiente para participar de dois cultos na sede e em dois cultos na congregação de Las Heras. A congregação de lá é amarelinha com grades pretas, uma congregação aconchegante e muito bem estruturada. Uma igreja nova praticamente, localizada num bairro muito carente, numa cidade muito carente”, descreveu o pastor Pedro.

Noutra localidade visitada pelos pastores da cidade de Campina Grande também foi notório o avanço significativo da Obra de Deus. Assim como menciona o secretário de missões:“E fomos também para outra congregação que temporariamente está funcionando numa garagem, na localidade de Maipú. Mas em breve estará funcionando também em um salão. Além desses dois trabalhos participamos de visitação e de evangelização que o pastor Rubens executa”.

Diante das visitas, os pastores observaram de perto as atividades desenvolvidas na Argentina e sentiram a necessidade de obreiros para cooperar com a obra.

No âmbito espiritual quando falamos da obra, vimos na praça central San Rosse que tem o salão central com sala de aula, crianças e adolescentes e o local onde fizemos os cultos. Jesus salvou uma pessoa. Em Las Heras teve dois cultos e vimos a necessidade do crescimento daquele trabalho. Necessidade também de ter mais um missionário ajudando o pastor Rubens. Foi uma grande bênção. Vamos continuar orando pelo pastor e sua família”, lembrou o presidente da IEADCG.

O secretário também confirmou o crescimento do trabalho missionário na Argentina e listou algumas necessidades que poderiam contribuir para o bom andamento das atividades locais.

O trabalho ali está em franco crescimento, mas precisa de ajuda. Talvez haja necessidade de mais obreiros para auxiliar o pastor Rubens, além da aquisição do terreno do lado da igreja de Las Heras para que se construa uma casa pastoral, e outros investimentos que são necessários para a manutenção dos trabalhos. A compra de bíblias em espanhol, a impressão de literaturas, também do mobiliário das igrejas são desafios que nós temos pela frente, e cremos que Deus vai nos ajudar suprindo essas necessidades”, disse pastor Pedro Tadeu.

Para que haja o bom desempenho dos trabalho no País, a liderança continua convidando a igreja a interceder pela família de missionários que desenvolve o trabalho na Argentina.

Continuem orando pela Argentina, pela província de Mendonza e pelo trabalho que vem sendo feito no País pela família do pastor Rubens. e também para que haja união de pastores que atuam para o avanço do Evangelho naquela nação. Vamos orar em prol de projetos maiores e grandiosos para essas localidades visitadas“, concluiu pastor Daniel Nunes.

Reportagem: Leonarda Barros
Imagens: Divulgação

Compartilhar é se importar!