Primeira aula do curso missionário atrai atenção dos alunos

O ‘Curso Formando Missionários’ iniciou as aulas no último sábado (7) no prédio anexo ao Templo Central. A parceria da Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG-PB) com o Instituto Bíblico da Assembleia de Deus no Estado do Paraná (IBADEP) vem dando tão certo que essa é a segunda turma interessada no curso.

A primeira aula contou com a presença o pastor presidente Daniel Nunes da Silva e o secretário de missões, pastor Pedro Tadeu Maia, que deram as boas vindas à turma.

Nós vemos que a primeira turma teve um grande êxito e isso incentivou para que tivéssemos uma turma grande, dando início a essa segunda turma. E anelamos para que essa segunda turma seja tão abençoada como a primeira”, destacou pastor Daniel Nunes.

Serão 13 lições ministradas à classe que contará com temáticas atuais como: “O panorama das necessidades mundiais e o desafio dos não alcançados”, “A fragilidade de missões”, “Estratégias de evangelização urbana”, entre outras.

A turma composta por 32 alunos vai se capacitar no decorrer de 3 meses e ampliar seu conhecimento na área missiológica. Um dos estudantes é Henrique Bruno Pereira de Sousa que explicou como surgiu seu interesse em se aprofundar nessa temática.

Eu fui observando que era necessário para os dias de hoje. Era algo que eu necessitava fazer e precisava me capacitar para isso. E quando foi anunciado o curso de missões, quando eu vi todo o material a ser oferecido e que muitas vezes, irmãos que amam missões não tem essa oportunidade, por nós termos, eu me interessei e fiz de tudo para estar aqui hoje”, disse o estudante.

Com uma breve introdução a missiologia, o pastor Daniel Carlos Santiago ministrou a primeira aula e os alunos já compreenderam a dinâmica das aulas que estão por vir e despertaram grandes expectativas da liderança. Foi o que informou o coordenador do curso, evangelista Magdiel Costa.

O nosso curso de missiologia tem o propósito de fundamentar os alunos no viés especificamente missionário, não é um curso de teologia que vai ampliar disciplinas de outros flancos, porém várias coisas sobre missões serão tratadas. É um estudo sobre missões, e a nossa perspectiva é que seja uma turma ainda mais edificada”, disse.

 Para o pastor Pedro Tadeu Maia, da secretária de missões da igreja (SEMAD-CGPB), o curso vai capacitar os alunos que entenderão a necessidade de realizar o trabalho missionário.

Nós esperamos um engajamento, um envolvimento, uma motivação. E eu creio que muitos, se não todos, serão ainda mais imbuídos e envolvidos, conscientizados da sua tarefa, da sua responsabilidade, como servos de Deus nesse momento em que a igreja brasileira vive. Deus tem aberto as portas do campo missionário para a igreja evangélica brasileira, nós precisamos nos capacitar para enfrentarmos com louvor este desafio”, afirmou o pastor.

E a expectativa dos estudantes também reflete o desejo da igreja. “Eu espero que meus olhos sejam abertos para a obra missionária, porque hoje eu sei que tenho informações sobre a obra missionária como esta sendo feita, mas eu sei que como os professores são muito capacitados, eu sei que meus olhos vão abrir muito mais para essa obra”, finalizou o estudante Henrique Bruno.

Reportagem: Leonarda Barros
Imagem: Veneziano Gonçalves

Compartilhar é se importar!