Faltam 10 dias para o Domingo da Igreja Perseguida

Ocupando o 11º lugar na Lista Mundial da Perseguição, a Índia foi escolhida para ser o tema do Domingo da Igreja Perseguida (DIP) que vai acontecer no dia 27 de maio desse ano. Diante da crescente perseguição e discriminação enfrentada pelos cristãos a Missão Portas Abertas observou essa necessidade e tem se empenhado a ajudar essas pessoas através da oração.

Sempre procuramos observar no cenário atual qual o país que tem a maior necessidade de intercessão e esse ano é a Índia. O governo quer torná-la totalmente hindu até 2030, então ela esta crescente na nossa lista anualmente e vem sempre subindo. Então há uma campanha e nós como igreja intercessora, como um povo intercessor, nós temos que olhar por esse lado”, destacou o correspondente sênior no nordeste, evangelista Marcelo Oliveira.

Diante de inúmeros testemunhos de diferentes locais, a Missão Portas Abertas vem desenvolver esse movimento de intercessão com o objetivo de esclarecer a igreja livre sobre os desafios de 215 milhões de cristãos que sofrem algum tipo de perseguição por causa de sua fé.

Eu tenho percebido que ao longo desses anos a conscientização ela tem mudado. Principalmente na parte de intercessão, porque os testemunhos são impactantes, e a perseverança dos nossos irmãos do outro lado. Então nós apresentamos realmente o que esta acontecendo. E muitos deles vêm para o nosso território e compartilham nas mais variadas igrejas. E essa realidade traz uma consciência principalmente em relação as lideranças”, informou o evangelista.

O ano de 2018 é especial para todos os envolvidos com a Portas Abertas no Brasil que celebra seus 40 anos de funcionamento no país, além de 30 anos do DIP e 90 anos do irmão André, fundador da Missão. Por isso para comemorar aconteceu uma programação especial no início desse mês (5) em São Paulo (SP).

As comemorações começaram a acontecer já na própria sede, no nosso escritório, com a equipe em si, que são cerca de 40 pessoas que está sempre trabalhando e nós já começamos a comemorar entre nós. Porque 2018, é um ano significativo para nós, então começou no escritório toda aquela mobilização para acontecer o evento e a tarde e noite a programação foi na igreja Batista, no qual tivemos ali o fusquinha representado com varias bíblias dentro, os irmãos parceiros, viajantes, outros que estiveram. Principalmente o presidente internacional e dois cristãos perseguidos da Índia que faz essa mobilização lá, estiveram conosco e foi uma festa grandiosíssima, foi uma benção”, relatou Marcelo.

A ocasião permitiu que as pessoas presentes conhecessem um pouco da história de como tudo começou aqui no Brasil.

A Missão Portas Abertas surgiu justamente depois de algumas viagens do irmão André, visitando o Brasil, e aí surgiu o interesse a irmã que estava participando, por nome Elmira Pasquini, e então ela falando conosco disse que surgiu realmente, à vontade, o desejo de mobilizar pessoas em sua residência para estar intercedendo a Deus por esse povo. Então foi direcionada ao irmão André, em uma dessas viagens para conversar, e uma das sugestões da parte dela, foi justamente que ele viesse ao Brasil para ter esse momento. E isso aconteceu depois de um tempo e a missão propriamente dita originou-se na sua residência”, disse o correspondente.

Diante de 4 décadas de história envolvendo as pessoas com a causa, a caminhada ainda continua tendo em vista que existem muitas pessoas que não se conscientizaram das necessidades dos que sofrem perseguição.

O envolvimento hoje é bem maior, muito maior do que antes. E nós temos sido procurados pelas igrejas para compartilhar, envolve-los com a causa, e os testemunhos tem sido de edificação para nós incalculável. Então nós temos observado que a consciência, a mentalidade da liderança ela tem mudado, e conseqüentemente o restante da igreja, da membresia, vem também conosco”, falou.
Para participar do DIP, os interessados podem procurar as informações fornecidas pelo site e se envolver com a organização.

O Domingo da Igreja Perseguida (DIP) vai ser realizada no dia 27 de maio de 2018, com um tema muito sugestivo que é sobre a Índia, inclusive nós temos a missionária que esta lá, então as informações estão bem próximas a nós. Os interessados podem entrar no site e fazer o cadastro. E obter todo o material para fazer o downloand, e acrescentar no culto que pode não necessariamente ser no dia 27 mas também em outra data incluindo o material. O mais importante é acrescentar as igrejas, a estarem unidos nesse grande evento de solidariedade, de envolvimento, de intercessão, com os cristãos perseguidos, principalmente na Índia”, finalizou Marcelo.

Reportagem: Leonarda Barros
Imagens: Divulgação Portas Abertas/ Arquivo Marcelo Oliveira

 

Compartilhar é se importar!