Projeto Pão da Vida leva ceia de Natal aos moradores de rua

Em plena véspera de Natal (24), a Secretaria de Assistência Social da Assembleia de Deus em Campina Grande levou à população de rua do Centro da cidade o Projeto Pão da Vida. Essa iniciativa consiste numa ceia natalina que, na Praça da Bandeira, é servida àqueles que vivem às margens da sociedade. Segundo a coordenadora do projeto, Adeilza Santos, a ação social já vem sendo desenvolvida há um bom tempo, contando atualmente com o envolvimento de 15 voluntários. “Esse encontro é muito bom, porque a gente se doa para eles. Muitas vezes eles estão nas ruas jogados e pensam que ninguém se importa com eles. No entanto quando a gente chega eles choram, eles abraçam a gente e é só isso que eles precisam: de carinho e principalmente de Jesus e é exatamente isso que nós temos mostrado a eles, que Jesus salva”, afirmou.

Essa mobilização tem sido realizada desde 2015. Em sua 3ª edição, a ceia do Pão da Vida alcançou cerca de 80 pessoas, dentre elas catadores de reciclagem que aproveitaram a ocasião para  se confraternizar e ouvir a Palavra de Deus. “Eu vim aqui não foi nem pelo jantar foi mais pela Palavra, porque é muito interessante. A gente não pode ter nada, mas se a gente tiver Deus isso é o que mais importa. Eu vim, porque eu estou desviada, mas eu tenho muita fé em Deus e eu creio que este ano que vem eu creio que tudo melhorar”, compartilhou Sandra Maria de Melo (39),  que trabalha com material reciclado.

E a ação social não ficou apenas na entrega dos donativos. Além do jantar e dos panetones, os menos favorecidos tiveram a oportunidade de entender a verdade do Natal de Jesus. “Nós nos importamos com eles, nós mostramos que Jesus ama eles, e esse é o verdadeiro sentido do Natal. O verdadeiro sentido do Natal não é só você chegar e comprar uma roupa, um calçado novo, encher seus filhos de brinquedos. Isso é bom sim, mas o sentido real do Natal é mostrar que Jesus veio para salvar o pecador, que Jesus veio para resgatar essas vidas”, enfatizou Adeilza Santos.

    

Enquanto era servida, a população em situação de rua ia sendo evangelizada por meio de um culto relâmpago, promovido ali mesmo, próximo à tenda montada para acolher àqueles que iam se achegando ao local. Além de ter sua fome saciada, cada envolvido na ceia natalina pôde ser tocado pela mensagem ministrada, tendo suas almas preenchidas pela presença do Espírito Santo. “Foi muito especial, porque não foi tanto pela comida, foi pela Palavra de Deus. A Palavra de Deus é o que conforta a gente. Deus é quem me dá tudo de bom nossa vida”, comentou a dona de casa Maria da Guia Ferreira (74).

Após receber a atenção e o carinho daqueles que fazem o Pão da Vida, o morador de rua, José Ivan dos Santos (44), atendeu ao convite da equipe e recebeu o maior presente de toda a sua vida: Jesus Cristo, o Salvador. “Graças a Deus que cheguei aqui logo no começo da noite e tive as melhores alimentações. Agradeço a Deus e ao Espírito Santo, agradeço todos por essa bênção, destacou.

Para quem está acostumado a lidar com o público que vive na rua, essa foi uma oportunidade de levar a mensagem do Evangelho e dividir com o próximo o amor de Deus. “Nesse momento muitas pessoas estão nas suas casas se alimentando do bom e do melhor, enquanto os moradores de rua não têm nada. Então, a gente vê a possibilidade, porque a gente passa o ano todinho levando a sopa para eles e nada mais justo do que no Natal a gente chamá-los para nos confraternizar”, expôs Sandra Silva, integrante do Pão da Vida.

Reportagem: Victor Posse
Imagens: Divulgação / SAS

Compartilhar é se importar!