IEADCG realiza último batismo nas águas de 2019

Liderança da IEADCG reunida para a celebração do último batismo de 2019

O último domingo de 2019 foi especial para quem prestigiou o 5º batismo do ano da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG). A cerimônia envolveu 125 candidatos das congregações da cidade e igrejas filiadas. Aos 89 anos, a irmã Judite veio movida pelo desejo de testemunhar sua fé em Jesus. Há seis meses que me converti em Jesus, e vou até o fim da vida se Deus quiser, declarou.

Mas antes de descer às águas, os novos conversos precisaram ser instruídos através do discipulado. “O discipulado ele é um momento, aonde o novo convertido se insere na vida da igreja, onde ele passa a conhecer a vida do doméstico da fé, daquele que creu no Senhor Jesus Cristo, passando a ter, de fato, um compromisso com o Senhor. Então, o discipulado é como aguação para o crescimento da planta”, disse o Pr. Daniel Nunes da Silva.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. São com essas palavras que a igreja tem conduzido os novos membros nesse ato público de fé. Na Serra da Borborema, os candidatos estiveram convictos de sua decisão, declarando a nova vida que alcançaram em Cristo Jesus. “Eu nasci num lar evangélico, mas só que mesmo assim torna-se fundamental que nós tenhamos nossa opinião sobre seguir a Cristo. E, eu tomei essa decisão. Foi algo que trouxe muita alegria  ao meu coração e como confirmação dessa decisão é necessário que nós desçamos às águas do batismo para que nós sepultemos o nosso velho eu e ressuscitemos com Cristo”, confirmou Gabriella Ricato (18) minutos antes de descer às águas.    

Quem também reconheceu a importância do novo nascimento foi Eliabe de Oliveria (13) que, desde cedo, tem sido despertado a trilhar os caminhos do Senhor. “Esse meu desejo veio desde os meus sete anos de idade. Foi quando o Senhor falou comigo pela primeira vez.E aí, esse ano, eu fui lendo a Bíblia, e vi que isso era uma necessidade para mim, para que eu pudesse continuar minha caminhada como cristão para que o Senhor pudesse fazer a Obra, que Ele fez promessa para a minha vida”, compartilhou.

Pela primeira vez como oficiante, o Ev. Marcelo Oliveira teve o privilégio de batizar o próprio filho. Nas palavra dele, o momento mostrou-se de “muita alegria, uma satisfação enorme, depois de um ano de trabalho –  que trabalhamos na Porta Abertas – entrei de férias, e hoje aqui tenho o prazer de estar participando desse cerimonial tão importante e, principalmente que hoje meu filho  – o Eliabe – está justamente descendo às águas. Hoje e eu terei o prazer de fazer esse procedimento”.  

Vindo do campo de Queimadas, Ruan Carlos Celestino transparecia a mudança de vida ao entregar-se por completo ao Senhor. “Hoje eu sou totalmente outra pessoa. Eu realmente me conheço hoje como Ruan, porque antigamente quando eu fazia parte do mundo não praticava nada que agradasse a Deus, mas para a honra e glória do Senhor, hoje eu estou seguindo o caminho reto com a graça de Jesus”, afirmou.  

Segundo o pastor Francisco Monteiro, líder da igreja em Queimadas, trazer suas ovelhas para descerem às águas na última cerimônia promovida pela IEADCG, foi “um privilégio muito grande estarmos batizando juntamente com a Igreja de Campina Grande, hoje aqui trinta candidatos. Só em 2019 foram cerca de cento e sessenta candidatos que nós batizamos e, durante esses seis anos, já vamos batizando mais de mil irmãos na cidade de Queimadas. Então, eu já chorei, já me alegrei porque isso é uma alegria sempre”.   

Após passar por essa experiência em suas vidas, os novos membros seguem avante na jornada da fé, estando aptos para participar do Corpo e do Sangue de Cristo. “Eu estou muito feliz também, porque eu já estava até pensando comigo mesma que vou participar do último batismo de 2019, e da primeira Santa Ceia de 2020”, lembrou Gabriella Ricato.   

Candidato prestes a ser imergido no tanque batismal

Diante dos frutos colhidos através da atuação da igreja, o pastor Daniel Nunes deixa uma mensagem de incentivo aos novos na fé para que “lutem sempre com a graça de Deus para que nunca percam uma Santa Ceia. Que nunca passem um mês sem Cear. Porque essa ceia – mês a mês – ela vai nos dando cada dia mais firmando o nosso compromisso com o Corpo de Cristo.Sede firmes e constantes, sempre abundantes na Obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor”.  

Reportagem: Victor Posse
Imagens: Jonathan Alves

Compartilhar é se importar!