Escola Bíblica Dominical entrega premiação referente ao ano de 2019

Das Crianças aos Adultos, a Escola Bíblica Dominical desenvolve aulas para todos os públicos. Um dos exemplos é na congregação Príncipe da Paz, no IPEP, onde todas as manhãs aos domingos que membros e congregados se encontram para aprender a palavra de Deus.

Aluna assídua na classe de senhoras, Luzia Queiroz, explica sua motivação para participar da EBD. “É muito proveitoso a gente aprender mais e mais do Senhor, nunca é demais. E muito satisfatório, e acontece coisas sobrenaturais dentro da casa do Senhor por isso que eu venho, e eu acho muito bom e eu aprendo e cresço na vida espiritual”, disse.

Outras classes como a dos Juniores, que contempla crianças de 10 e 11 anos, também utilizam estratégias especiais para cativar a criançada. Conforme explicou a professora Emília do Nascimento.

Nós sempre utilizamos em primeiro lugar a palavra de Deus, depois vem os visuais, sempre falando na linguagem deles e incentivando para trazer os amigos, para ter um melhor desempenho na EBD. Convidando para sempre estar nos domingos, falando da palavra de Deus como eles deveriam caminhar já ir preparando os corações de cada um”, falou.

E é com essa dinâmica que a Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG) valoriza o ensino bíblico nas congregações da cidade.

Nós temos nos dias atuais uma pulverização muito grande de escolas teológicas e louvamos a Deus por isso, entre tanto a escola dominical ela tem um diferencial, além do ensino teológico em todos os assuntos das doutrinas fundamentais da bíblia, ela trata da ortodoxia da igreja”, lembrou o coordenador geral EBD, pastor Daniel Carlos Santiago.

De acordo com o superintendente de EBD da congregação no IPEP, Francisco Gomes, além dos ensinamentos teológicos, a escola também promove o diálogo entre alunos e professores. “Eles interagem, fazem perguntas, isso é um diferencial da escola dominical. Uma escola dominical onde o aluno não é estimulado a perguntar, a interagir, a participar, não é uma boa escola. Então a dinâmica da escola não é o professor se mexer muito, é ele provocar o aluno ou deixar o aluno por si mesmo participar”.

E foi com toda essa preocupação com o ensino bíblico que a congregação Príncipe da Paz, garantiu o primeiro lugar na premiação da EBD no ano de 2019, seguindo os 12 critérios estabelecidos pela coordenação geral.

Graças a Deus no ano passado nós estivemos investindo bastante junto à coordenação do setor 12, coordenação da EBD incentivando as lideranças do nosso setor, especialmente da nossa congregação, a uma freqüência ainda maior e melhor aos estudos de professores, a melhorar a qualidade do ensino,  trazerem visitantes a EBD, verem aqueles alunos que estavam carentes de bíblia, para também estarem suprindo esses alunos de bíblia, porque a gente sabe que tudo isso conta para o progresso da EBD”, disse o coordenador de EBD setorial, evangelista Tiago Rosas.

A classificação prata garantiu o certificado e também alguns livros para a liderança local, sem falar na alegria que deixou ao corpo docente da EBD e todo o alunado. Foi o que informou o superintendente, Francisco Gomes.

A gente faz para Deus e sabe que o galardão é de Deus, mas é muito bom quando a pessoa vê que alguém esta  avaliando, reconhecendo, dando nota, a pessoa fica exultante. Fica mais interessado, isso mexe com a gente, faz a gente aumentar o amor que a gente tem quando vem um reconhecimento, e desse principalmente”, disse.

Para o coordenador de EBD do setor 12, evangelista Tiago Rosas, esse é o segundo ano consecutivo que a congregação recebe esse prêmio, sendo este um reconhecimento do esforço de todo departamento.

Para a gente é uma grande satisfação em ver os frutos do nosso trabalho, a gente não trabalha para competir com absolutamente ninguém, a gente trabalha pra fazer aquilo que fazia o apostolo Paulo, firme, constante e sempre abundante, se superando cada vez mais na obra de Deus. Então como se pode ver pelo ótimo numero de alunos que nós temos aqui hoje a igreja tem respondido cada vez mais e entendido que essa premiação na verdade é uma responsabilização que agora pesa sobre nós de continuarmos com essa qualidade e melhorarmos cada vez mais”, destacou.

E essa superação vem com maior responsabilidade para esta congregação, conforme explicou o pastor Jorrilson Silva. “Nossa estratégia é permanecer naquilo que nós já estamos alcançando. É conservar esse bom costume, avaliando cada dia o propósito de cada um e também trazendo premiações a cada final de trimestre para que também possamos alcançar um número melhor em todo o setor”, falou o pastor do setor 12.

E o coordenador geral da EBD, deixou uma mensagem de estímulo a toda liderança da escola bíblica na cidade. Enfatizando que “todos se envolvam, todos se comprometam e todos estejam atentos, porque escola dominical anda, escola dominical é dinâmica, e todos precisam estar envolvidos e comprometidos pra que no final do ano não fique nas ultimas classificações, mas ocupe o primeiro lugar, não existe uma disputa renhida, não a de verdade, as congregações não são adversárias, elas são parceiras, então todas estão convidadas a fazer parte dessa premiação”, finalizou pastor Daniel Carlos.

Reportagem: Leonarda Barros
Imagens: Veneziano Gonçalves / Pedro Henrique