Procurador da República será palestrante de encontro na IEADCG

Nos dias 8 e 9 de maio, será realizado no Templo Central da Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande o 11º Encontro de Educadores Cristãos, Pais e Líderes, Pastores e Jovens.  

De acordo com a coordenadora do evento, Gláucia Maria Leal, o objetivo é “reunir educadores cristãos, pedagogos, psicólogos, pais, conselheiros tutelares, líderes e pastores para receberem orientações de base técnica e legal, referente ao abuso infantil e a prevenção diária, como serem instruídos a investigação de casos, encaminhamentos e acompanhamento da criança ou adolescente diante dos conflitos que ela vier a apresentar”, disse.

O palestrante será o Procurador Regional da República, Guilherme Schelb (DF), que vem a cidade pela segunda vez e tem mais de 26 anos de experiência com temas de família, crianças e educação, além de ser autor de livros nessa área. Para esse treinamento, o procurador vai abordar o tema: “Proteger as crianças do abuso, é uma forma de orar por elas!” Apresentando assim estratégias para prevenir o abuso contra crianças e também como regem as leis nacionais diante da sexualidade infanto-juvenil.  

O evento é destinado para o público adulto devido a temática abordada. “Aguardamos um público satisfatório e que realmente tem se comprometido com esta causa, seja um educador, pai ou mãe, líder ou pastor, que se envolve na proteção de nossas crianças e adolescentes, com certeza já estamos servindo ao Reino, em defesa de seus pequeninos”, destacou Gláucia.

A primeira palestra vai acontecer na sexta-feira (8) às 19h e no sábado pela manhã a partir das 8h 30. As inscrições custam R$50, à vista ou no cartão de crédito dividido em 2x, podendo ser realizadas com coordenadores de setores infantis e também na livraria Canaã, localizada na rua Antenor Navarro, bairro da Prata.

Cada inscrito receberá um kit de material informativo a ser utilizado com os pais na comunidade e igreja a qual servem em seus departamentos. Para maiores informações pode entrar em contato através do (83) 98708-2057.

Reportagem: Leonarda Barros
Imagem: Divulgação