IEADCG se prepara para a construção do Novo Templo

O pontapé inicial para a construção do Novo Templo da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG) foi dado durante o culto de lançamento simbólico da pedra fundamental. A cerimônia ocorreu na noite do último sábado (7), reunindo a liderança das congregações locais e igrejas filiadas. “É um desafio de fé para mim como pastor, ao qual recebi a incumbência de Deus para levantar o templo, e para a igreja agora que abraçou conosco, os pastores que vieram, e abraçaram essa causa”, expressou o Pr. Daniel Nunes da Silva.  

Em caráter de reunião, o evento foi oportuno para que cada departamento compartilhasse as programações previstas para o restante do ano. Esse foi o último trabalho promovido pela igreja no Espaço de Eventos. O local já passou por análise de especialistas para a edificação do templo. “Em termos técnicos eu solicitei uma análise de solo, pedi ao pastor para que ele fizesse uma análise de solo, que é fundamental para o processo de cálculo estrutural das fundações no novo templo. E o terreno também em si é bastante amplo, o que vai proporcionar um templo bastante confortável para todos que estarão conosco. E em relação também à acústica, em relação à iluminação, vai ajudar bastante devido a área que o templo vai comportar”, adiantou Rafael Vieira, engenheiro estrutural da obra.

O culto também teve por finalidade levantar contribuintes fiéis, tendo em vista o orçamento da obra. Movido por fé, o comerciante Cristovão Santos firmou o compromisso de se tornar mantenedor do projeto: “Eu tenho certeza que nós temos – eu e a minha esposa – estamos sendo guiados pelo Espírito Santo com esse propósito de ajudar nessa Obra, que está aqui começando do zero. E eu tenho certeza que esse é um projeto de fé”.   

Em tempos atrás, a irmã Iléa foi uma das que contribuiu para a aquisição do terreno. E mais uma vez ela se envolve nesse propósito. “Eu participei da campanha que foi feita para a compra da casa, do projeto do pastor Pacheco, em 2005, e hoje estou participando deste grande desafio por fé, que é a construção do novo templo aqui em Campina Grande na gestão do pastor Daniel Nunes”, lembrou Iléa Declina Santos, coordenadora adjunta do Círculo de Oração do Templo Central.

Quem também recordou o trabalho desempenhado pelo saudoso Pr. Pacheco foi seu filho, Pr. Emídio Brito, que na ocasião destacou o sonho do pai em construir o novo templo para a igreja. “Pastor Pacheco, Deus revelou a ele que isso aqui, ele chegava aqui era um grande estacionamento, e ele dizia: O que é isso? Aí dizia: Isso é dos crentes, esse estacionamento é dos crentes. E Deus colocou no coração dele esse desejo , assim, abriu as portas”, mencionou.  

Liderança reunida durante culto de lançamento da pedra fundamental

Passadas sete décadas da fundação do atual templo da Assembleia de Deus em Campina Grande, a igreja se prepara para um novo desafio: construir no terreno situado na avenida Presidente Getúlio Vargas, um espaço ainda mais amplo com capacidade prevista para três mil pessoas. “A igreja vem avançando, às reuniões que são as reuniões maiores já não comportam mais, de forma alguma, dentro do templo antigo, o qual chamamos, um templo que completou setenta anos de construído. Então, não estamos fazendo isto para querer glória para o nosso nome, mas por uma necessidade da igreja”, esclareceu o pastor presidente.

E esse projeto está prestes a se tornar realidade, contando com o empenho de voluntários dispostos a contribuir para o avanço da Obra de Deus. “Deus colocou no meu coração para chegar para o pastor Daniel e, de forma voluntária, ofertar esse projeto, se não fosse Deus eu não teria conseguido a minha formação acadêmica, não estaria nem sequer conversando com você aqui. Até porque é Deus quem nos da a vida, Deus quem nos dá a vestimenta, Deus quem nos dá o ar que respiramos”, declarou o engenheiro estrutural.   

Segundo o Diretor de Obras da IEADCG e COMEAD-CGPB, Pr. Dari Ferreira da Silva, a previsão que a igreja faz é que daqui a alguns dias os trabalhos comecem a todo vapor, tendo em vista a provisão de Deus sobre esse empreendimento. “Cremos perfeitamente que Deus já preparou tudo para em breve começarmos a escavação e a edificação. São etapas que vão ser feitas neste trabalho e Deus vai mandando. E eu creio que, na medida, a torneira não vai fechar, vai estar sempre aberta porque Deus abre do Céu e os trabalhos vão ser feitos”, frisou.    

Além daqueles que já se prontificaram em apoiar esse projeto, a campanha segue aberta para quem mais deseja abraçar a causa e, assim, se tornar mantenedor. “A Bíblia diz: Todos aqueles cujo coração foram tocados pelo Espírito de Deus ajudaram na Obra. Então, se Deus tocar no teu coração seja a quantia que for, ajude porque certamente Deus, Ele vai te abençoar. Faça o seu voto, faça aí e diga ao Senhor quanto você quer ajudar nesta obra e Deus vai abrir as portas e te abençoar grandiosamente”, finaliza o Pr. Daniel Nunes.  

Reportagem: Victor Posse
Imagens: Jonathan Alves / Divulgação