Projeto Igreja Solidária beneficia famílias no Complexo Aluízio Campos

Entrega de cesta básica realizada no Aluízio Campos

Uma lista essencial para garantir a alimentação de quem mais precisa. Essa foi a proposta da Assembleia de Deus em Campina Grande que, na quinta-feira (17), realizou a entrega de cestas básicas para membros e congregados que vivem no Complexo Aluízio Campos. “Isso para nós é uma bênção, uma maravilha, principalmente num tempo como esse. Graças a Deus por essa ação. E a gente tem que só agradecer ao Senhor, graças a Deus, porque tem muita gente que nos procura, na medida do possível, a gente vai se comunicando e vai tentando socorrer a cada um”, relatou o pastor Aldo Ferreira, 2º dirigente da Congregação Cidade de Sião.

Para essa ação foram mobilizados alguns obreiros da igreja que se uniram nessa força-tarefa, distribuindo afeto e solidariedade através dos donativos. “A gente planta e futuramente isso aí – com certeza – vai nascer na vida de cada um de nós. Para mim é um regozijo na alma fazer isso, porque é um gesto de gratidão. Isso é amor ágape em nossas vidas”, compartilhou o pastor Adeládio Guimarães, 1º dirigente da Congregação Cidade de Sião.

Segundo o pastor Keiler Nunes, a campanha social tem ocorrido em parceria com a liderança da IEADCG, visando o alcance em cada setor da cidade. “Nós sabemos que não dá para alcançar todos os irmãos de uma só vez. Estamos procurando os pastores setoriais, vendo quem realmente nesse momento está com uma necessidade maior: dirigentes de congregação nossa que, muitas vezes, estão necessitados e irmãos da igreja que estão bem necessitados e carentes. Então, nós estamos dando prioridade a esses irmãos“, enfatizou.   

A montagem das cestas básicas aconteceu no Templo Central. Em cada uma delas foram reunidos 23 itens, arrecadados por meio de campanha solidária realizada pela igreja no início do mês de abril. Mas para que as doações pudessem alcançar as famílias daquele conjunto, o empenho dos colaboradores foi fundamental. Através daquilo que chegava, as feiras iam sendo preparadas para, assim, atender a carência das pessoas. Para mim foi uma bênção. Sendo primeiramente Deus, que enviou os anjos dele para nos ajudar, e não só a mim como a todos que estão precisando nesse momento”, expressou a dona de casa Janecleide Cavalvante.  

Essa assistência também chegou às mãos da dona de casa, Renata Barbosa, moradora do Aluízio Campos, que disse ser “uma grande ajuda, uma verdadeira bênção. É um renovo para a nossa fé e renovar a força do dia a dia”.

E foi trazendo esse renovo ao lar da irmã Duceli, no bairro da Palmeira, que essa equipe fez sua última parada naquela tarde. “Vejo que o pastor Daniel Nunes tem compromisso com as ovelhas dele. São cinco pessoas aqui em casa e fica difícil porque mediante a situação que nós estamos vivendo, a gente não pode fazer nada. Mesmo a porta de emprego se encontrando aberta – para a glória de Deus – mas eu não cheguei até a ela”, descreveu a dona de casa Duceli Dantas.

Projeto Igreja Solidária

Essa foi a primeira etapa do Projeto Igreja Solidária. O objetivo da liderança é de que nos próximos meses sejam arrecadados mais mantimentos, suprindo necessidades e amparando a vida de quem tanto precisa dessa ajuda. “Fizemos a montagem de 100 cestas básicas, que nós iremos entregar dentro desse mês que nós estamos. E nos outros meses posteriores nós queremos estar fazendo em mais duas etapas de cem cestas básicas por mês para a gente distribuir. Desde já queremos avisar aos irmãos que nós estaremos no início do mês de maio dando reabertura ao recebimento dos donativos. Teremos mais uma semana de arrecadação para que possamos estar reabastecendo e  colocando novamente mais 100 cestas básicas à disposição”, finalizou o pastor Keiler Nunes.    

Reportagem: Victor Posse
Imagens: Jonathan Alves