Projeto Brasil Acolhedor recebe apoio da CGADB

A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), oficializou na quarta (29) o apoio ao projeto do governo federal “Brasil Acolhedor”, que tem por objetivo auxiliar pessoas que estejam em situação vulnerável devido as conseqüências da pandemia causada pela Covid 19.

A reunião aconteceu no Palácio do Planalto em Brasília (DF) e contou com a presença da primeira-dama Michelle Bolsonaro e demais representantes do projeto. O presidente da CGADB pastor José Wellington Costa Junior também participou através de vídeo conferência.

O Projeto Brasil Acolhedor surgiu através da união entre o Governo Federal e a sociedade civil e tem o objetivo de gerar ações em apoio à população através do fortalecimento das instituições sem fins lucrativos que atuem com trabalho voluntário na sociedade.

O papel da CGADB se dará através do Conselho de Ação Social, presidido pelo pastor Alexandre Florêncio com o apoio de outros órgãos e conselhos da Convenção. A junção de esforços entre as instituições trouxe alegria a primeira-dama Michelle Bolsonaro que expressou “Estou muito grata por contar com o apoio dos nossos pastores e irmãos nesse esforço. Que Deus abençõe a todos”, afirmou.

O projeto conta com o apoio do Governo Federal através do Ministério da Cidadania e Ministério da Mulher, da família e dos Direitos Humanos, liderado pela ministra Damares Alves, que apresentou a importância da CGADB durante seus mais de 90 anos representando as Assembleias de Deus no Brasil, através dos 105 mil pastores no país e também nos campos missionários no exterior.

Com informações da CPAD News