Trajetória de fé e obras em 38 anos de ministério

Há 9 anos, o pastor Daniel Nunes da Silva assumia a liderança da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande (IEADCG), e juntamente com ela a Convenção de Ministros das igrejas filiadas a COMEAD-CGPB.

No dia 10 de julho de 2011, quando ocorreu a primeira eleição para a presidência da igreja, o então pastor do campo da cidade de Picuí-PB passou a ser líder dos membros e congregados da IEADCG como de toda a região abrangida pela Convenção.

Mas para essa oportunidade, o pastor Daniel Nunes precisou passar por várias experiências com o Senhor, onde desde criança dedicou-se ao serviço da obra de Deus, ajudando seu pai, o saudoso pastor Sebastião Nunes e a sua mãe Maria Soares, nas igrejas por onde passaram.

Nascido no dia 01 de fevereiro de 1964, na cidade de Maria Helena, no interior do Paraná, o pastor Daniel Nunes iniciou sua trajetória ainda criança dirigindo cultos infantis, orando por enfermos, e quando adolescente pregando em congressos de jovens.

Aos 18 anos vivenciou a primeira experiência missionária em terras paraibanas. Chagando no dia 31 de julho de 1982, na cidade de Monteiro juntamente com a sua família, onde participou ativamente da fundação e construção do templo da Igreja Assembleia de Deus naquele município, passando mais de 5 anos naquela cidade.

Foi em Monteiro que o pastor contraiu matrimônio com a irmã Kátia Cristina Vasconcelos no dia 7 de setembro de 1986, e da união nasceram três filhos: Karem, Keiler e Daniel Júnior.

Em 1988 transferiu-se de Monteiro para a cidade de Catolé do Rocha, depois para Brejo do Cruz e Cuité, em todas elas exercendo o pastorado, onde construiu templos e outras dependências necessárias para o desenvolvimento do trabalho eclesiástico e social.

No ano de 1996 foi enviado como missionário para a Bolívia, país no qual permaneceu por 6 anos, fundando trabalhos da Igreja Assembleia de Deus. No ano de 2002 regressou ao estado da Paraíba para a cidade de Campina Grande, onde ministrou aulas de espanhol, como voluntário em um cursinho pré-vestibular, coordenado pela Assembleia de Deus em Campina Grande, para alunos carentes.

Exerceu por 11 meses o pastorado na cidade de São Sebastião de Lagoa de Roça, onde desenvolveu um trabalho de ação social com crianças carentes. Em 2004 foi empossado como pastor titular da Igreja Assembleia de Deus na cidade de Monteiro, onde construiu o novo templo sede, com capacidade para mais de 1.200 pessoas sentadas.

Nesse período ingressou na Mesa Diretora da COMEAD-CGPB (Convenção de Ministros da Assembleia de Deus em Campina Grande e no Estado da Paraíba), assumindo o cargo de 2º secretário.

Também foi secretário da SEMAD-CGPB (Secretaria de Missões da Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande e no Estado da Paraíba) e trouxe para a cidade de Campina Grande os cursos teológicos do IBADEP (Instituto Bíblico das Assembleias de Deus do Estado do Paraná) e do CETADEB (Centro Educacional Teológico das Assembleias de Deus no Brasil), sendo deste último, o atual representante na região Nordeste.

Em fevereiro de 2011, o Pastor Daniel Nunes foi transferido para a Igreja Assembleia de Deus em Picuí, onde em um curto período de tempo (apenas 5 meses) empreendeu reformas na estrutura física do templo ali existente.

Mas foi no dia 10 de julho de 2011, que o pastor Daniel Nunes recebeu de Deus um grande desafio liderar a Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Campina Grande e filiadas a COMEAD-CGPB. Na ocasião cerca de 400 obreiros, entre pastores, evangelistas e presbíteros participaram da escolha do novo presidente da IEADCG e COMEAD-CGPB. E com 70,3% dos votos válidos, ou seja, 384 pessoas decidiram eleger o pastor Daniel Nunes da Silva presidente interino da Instituição. Em Assembleia Geral no Templo Sede, ele foi apresentado à igreja para homologação, trazendo alegria aos presentes naquela noite. 

Desde então tem trabalhado com dedicação em prol do crescimento da Obra de Deus e visando o bem-estar do povo evangélico campinense e da sociedade como um todo.

Na sua gestão, o pastor Daniel Nunes já tem empreendido reformas em vários templos na cidade de Campina Grande, a exemplo da congregação da Liberdade 1, José Pinheiro, Promorar, Cuités e Mutirão 2, além de ter pré-inaugurado o templo da congregação do Dinamérica 3, obra iniciado pelo saudoso Pr. Francisco Pacheco de Brito. Outra grande obra foi a ampla reforma do Templo Central da Igreja Assembleia de Deus.

Ele também tem promovido e apoiado a realização de grandes cruzadas evangelísticas, como a Cruzada Mensagem de Esperança, que tem levado a Palavra de Deus aos 15 setores da cidade e, através dela, resgatado jovens do vício das drogas e restaurado inúmeras famílias.

Outra importante ação do pastor foi à criação do programa de televisão Mensagem de Esperança, no dia 17 de outubro de 2011, em uma emissora local, sendo preciso pausar durante esse período de pandemia, focando apenas nas plataformas digitais, que tem crescido significativamente com mais de 30 mil seguidores, apenas no canal do YouTube.

Aos 56 anos de vida e com 38 de ministério, o pastor Daniel enfrenta mais um desafio que é a construção do Novo Templo da igreja sede, um projeto grandioso para acomodar mais de 3 mil pessoas, e que vem tendo a aprovação de Deus e toda a membresia.