Curso de Missões inicia nova turma

No último sábado (08) iniciou mais uma turma do curso Formando Missionários organizado pela Secretaria de Missões da Igreja Assembleia de Deus em Campina Grande. Essa é a quarta turma que conseguiu reunir cerca de 43 alunos para os próximos 3 meses.

Segundo o coordenador do curso, evangelista Magdiel Costa, “Louvamos a Deus por essa 4ª turma do curso de missiologia, porque tem um papel fundamental na propagação de reproduzirmos novos missionários e pessoas com aspiração missionária. Porque a obra missionária sempre vai carecer de obreiros, de pessoas envolvidas na seara”.

Na primeira aula, os participantes contaram com a presença da liderança da igreja, entre eles o pastor presidente Daniel Nunes e o secretário de Missões pastor Pedro Tadeu.

Estamos vivendo um período muito difícil, de locomoção, deslocamento social, as pessoas não estão seguras ainda, tem certo temor, pois não existe medicamento, nem vacina, mas essa turma trouxe pra nós uma grande surpresa, pela grande quantidade de participantes de outras cidades: como Lagoa Seca, Queimadas, Monteiro, Taperoa, São José da Mata, então são pessoas que vem vencendo os obstáculos, as dificuldades, elas tem o desejo de aprender. E também chamou atenção a presença de pessoas de outras denominações, isso nos leva a entender da seriedade do curso, do embasamento, da qualidade dos professores, porque isso aí dá respaldo, repercute e desperta o interesse, então isso prova que estamos no caminho certo e que a igreja tomou essa decisão em tempo oportuno”, disse o secretário.

Uma das alunas é Maria do Socorro Vieira da cidade de Lagoa Seca, ela expressou como se sentiu despertada para estudar mais sobre a obra de Deus nesse curso.

O que me motivou a fazer o curso, foi à necessidade de aprender mais, quero ser capacitada para pregar o evangelho, a todas as pessoas desde crianças a adultos, e a capacitação é muito importante, pois precisamos aprender o que diz a palavra para fazer o que Deus colocar em nosso coração. Para fazer de bom grado e com sabedoria”, afirmou a aluna.

Durante treze lições, os estudantes serão capacitados para a obra missionária e em uma das aulas terão a participação especial do missionário pastor Edjânio Caetano que vai compartilhar as experiências vividas no campo transcultural.

Teremos 13 aulas, cada uma com um ministrante diferente, essa metodologia acontece desde a primeira turma, lógico que a primeira aula abre um flanco de muitas oportunidades para o integrante dessa turma, porque ele vai ter um norte uma introdução a missiologia, estudo sobre missões e cremos que a importância do nosso curso como um todo para a convenção é relevantíssimo”, acrescentou o coordenador.

Reportagem: Leonarda Barros
Imagens: Divulgação